A Fotógrafa





A fotógrafa Melissa Maurer, é nascida em Brasília e vive em Alto Paraíso desde 2004. O foco principal do seu trabalho com a fotografia é a nudez do ser humano, buscando em seus ensaios fazer a conexão destes com a natureza.


Durante suas viagens entre Brasília e Alto Paraíso, no decorrer desses 12 anos, a artista presenciou o desaparecimento do Cerrado Nativo às margens da estrada e a potencial expansão do agronegócio. Turismóloga de formação, observou que muitas vezes não enxergamos o que está a nossa frente. Como exemplo, muitos turistas visitam a região da Chapada dos Veadeiros em busca de contato com a natureza e espiritualidade, mas na ânsia de ter suas expectativas atendidas, não conseguem perceber que durante todo o caminho (aprox. 230km), na maior parte do trajeto a paisagem é de devastação, horizontes recortados pela monocultura, desertos após as colheitas, máquinas trabalhando para esse fim e um crescente movimento de caminhões carregados de máquinas, grãos e madeira. Dessa observação surgiu a ideia do projeto “O caminho do Cerrado”. Assim convidou sua amiga pessoal, educadora e atleta amadora, MMG, para posar para o projeto.

https://www.facebook.com/melmelissamaurer
https://www.instagram.com/melmelissamaurer/

3 comentários:

  1. Parabéns Melissa, pelo trabalho.
    Expressivo, impactante e muito bem elaborado.

    Axel

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo trabalho. Avise se houver exposição fotográfica.

    ResponderExcluir
  3. Esse "ensaio" foi o maior micão que eu já vi... Fotografia paupérrima, apelo sexual descarado, sem expressão e sem composição. Podemos entender, basicamente, como a lésbica exibindo a sua "peguete".

    ResponderExcluir